Operação “Nasda Coin” combate golpe da venda de criptomoedas falsas

Operação “Nasda Coin” visa reprimir o golpe da venda de criptomoedas falsas, tais como NSD (NASDACOIN), NIOX, NITROX, NSDT, NSDC, captando investidores através das plataformas wioxi.com, nasdacoin.io, nasdaboom.io, dobiexchange.com, etc

Por Adriano Ribeiro - 2 de dezembro de 2021

foto: reprodução/informefloripa

Na manhã desta quarta-feira (1), a Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Defraudações da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), desencadeou a Operação “Nasda Coin” para reprimir o golpe da venda de criptomoedas falsas.


Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, na residência e escritório dos investigados, sendo apreendidos diversos documentos, computadores, notebook, telefones celulares e outros objetos que comprovam a prática do crime e mais dois veículos.


Foram registrados Boletins de Ocorrência (BOs) informando que os investigados anunciavam, inclusive em rede social de vídeo, a venda de criptoativos, que não existiam, fazendo comparação ao bitcoin/BTC, e após receber valores em espécie das vítimas, prometiam valorização acima de 100% em curto espaço de tempo, sendo que esta nunca era entregue, nem o valor inicial aplicado.


Participaram da operação 25 policiais civis da DEIC/PCSC. Os mandados foram cumpridos em São José e Palhoça, na Grande Florianópolis.

foto: reprodução/informefloripa/internet

A HISTÓRIA DO GOLPE


Nossa equipe de reportagem teve acesso a conversas de grupos de whatsapp e telegram, onde foram lesados pessoas pelo país afora, e, até mesmo de diversas localidades.


Segundo alguns relatos a história começou assim:

Um programador de computador, conhecido como James Baptistt - nome verdadeiro Tiago Batista, criou em março de 2018 uma criptomoeda 100% minerável na Europa, site: nasdacoin.io (que já não está mais no ar).


foto:google

Em maio de 2018, conforme vídeos disponíveis na internet, esse programador, trouxe essa moeda para o Brasil, e, para desová-la e dar valor à ela, criou uma plataforma de captação de investidores - nasdacoin.io/bo para que o suposto investidor pudesse receber lucros de 300% em 12 meses, sendo 25% ao mês.

foto:google

Para isso, a pessoa adquiria essa moeda NSD - NASDACOIN, diretamente dele ou de seus comparças, o chamado "corporativo", entre eles, segundo informações apuradas extraoficialmente, Flávio Batista e Ernani.


A moeda era repassada na plataforma de rentabilização ao preço aproximado de US$ 1,00 na época inicial do golpe. Fizeram eventos em SP, PE, SE, AM, RO, MG, dentre outros estados da federação, com o suposto lançamento da moeda e da plataforma de rentabilização, que além dos ganhos exagerados, também proporcionava outras formas de ganhos, como 10% de indicação para quem fosse atraído para o golpe, bônus binário e o tal de juros compostos.


Quem estava no topo do "esquema de ponzi", aproximadamente entre outubro e novembro do ano de lançamento, quando a suposta criptomoeda, que está listada no marketcap.com e/ou coinmarketcap.com chegou ao valor aproximado de R$ 20,00 - conforme informações do marketcap, eles começaram a vender a criptomoeda, que chegou ao patamar de R$ 0,03.

Veja as imagens abaixo:

Com a saída de capital do bolso do suposto dono da pirâmide - James Baptistt, que, já não tinha mais criptomoedas NSD's pra pagar os ganhos de 25% ao mês de lucro, ele começou a travar o sistema, como por exemplo, limitando saque, não podendo fazer transferência entre contas, etc...


Não conseguindo estancar o suposto vazamento de moedas do seu bolso, e, para limpar o nome do site original nasdacoin.io, em abril de 2019, ele(s) mudou(aram) o nome do acesso ao escritório para wioxi.io/bo e até junho do mesmo ano, mudou novamente para wioxi.com/bo (que ele mesmo tirou do ar no final de 2020).

Também, nesse período, para que ele ou eles pudesse(m) continuar pagando o que prometia(m), pegou de volta para si todas as criptomoedas NSD's que estavam no novo site e as trocou sem o consentimento da maioria - talvez apenas com o consetimento do tal "corporativo", por um token baseado na criptomoeda Etherium, por nome de NIOX (https://etherscan.io/token/0xe6aaceda7d6bc119df866f8b5228073d9a992734).

foto:google

À medida que a quantidade de tokens iam sendo pagos, ao mesmo tempo, para não ficar(em) sem estoques, ele(s) criavam mais e mais NIOX's, ao ponto de terem criado 1 trilhão de tokens.


Nisso, para que os investidores pudessem resgatar pelo menos parte do seu investimento, os golpistas, para dar saída ao falso token NIOX, numa corretora chinesa por nome de Dobi (https://www.dobiexchange.com/), que ficou fora do ar no final de 2019, até recentemente, e, todos que transferiram seus tokens pra lá numa tentativa de sacar, perderam tudo, pois a plataforma fora retirada do ar, com a desculpa que o "governo ditador chinê" havia fechado a Dobi.

foto:google - dobi exchange no ar novamente depois vários meses desativada

Para limpar o rastro ainda mais, o tal "corporativo" e seu golpista mor, tirou de vez o acesso ao token NIOX daqueles que não haviam transferido para a Dobi;

Pra fazer isso e esconder o rastro ou dificultar uma futura investigação da PF, PC, foi criado um novo token baseado no Etherium, agora com nome de NITROX chegando ao total de 5 bilhões de tokens, conforme informações do Etherscan Nitrox (NTX) Token Tracker | Etherscan.

foto:google

Com esse novo token, quem tinha NIOX - se não houvesse perdido na DOBI, foi obrigado a trocar por NITROX.


Mas, o NITROX não durou muito tempo, e, também foi tirado do ar. O golpista mor - Tiago Batista, vulgo James Baptistt, criou o token NSDT - NasdaCoin Token, mas, ficou tão pouco tempo no ar que nem deu tempo de adesão, e, mudou o nome dele imediatamente para NSDC - NasdaCoinCash, onde está ativo atualmente, com vários "piramideiros" e "aliciadores" ou até mesmo "laranjas" do criador do golpe, para aliciar mais pessoas ou tentar convencer à maioria que "um dia resgatarão seus investimentos".

Tanto a NSDT, quanto a NSDC seriam usadas na plataforma nasdaboom.io que até a finalização desta matéria ainda estava no ar, como mostra a imagem abaixo:

foto: reprodução google - 03/12/21 - 14:59h

Nossa equipe de reportagem não encontrou o rastro de origem do NSDC - NasdaCash, mas, descobriu que a criptomoeda inicial do golpe - NSD/NASDACOIN, está no GitHub com o código fonte.


As redes sociais oficiais, twitter.com/nasdacoin_io e telegram com 704 membros, (t.me/nasdacoin_oficial), são informadas pela CoinMarketCap.com conforme o leitor de nosso portal pode conferir nas imagens abaixo:

A reportagem esteve captando as informações acima em grupos de whatsapp e telegram, onde chegamos a esse resumo.


Se você foi lesado, aliciado, por esses golpistas ou sabe informações de seus paradeiros, pode ligar para DEIC/PCSC, em Florianópolis-SC, pelo telefone (48)3665-9500.


Faça comentários logo abaixo nesta matéria, inscreva-se gratuitamente em nosso portal para receber notícias em primeira mão. é 0800.


#atvdopovo

#12anos

#aGenteSeEcontraAqui


fonte: 1) https://www.informefloripa.com/2021/12/02/operacao-nasda-coin-combate-golpe-da-venda-de-criptmoedas-falsas/

2) grupos de whatsapp/telegram

3) internet/google

236 visualizações0 comentário