Ações da Coca-Cola em NY já caíam antes de Cristiano Ronaldo dar entrevista